Visionário

Faço o contrário
Do que todos dizem
Vivo um desaniversário
O que os profetas predizem
Canto minha canção
Meus versos simples e formosos
Não estão no rol dos famosos
Faço com o coração
O que não fazem os medrosos
Não faço nada demais
Apenas sonho
Abri meus canais
Deixei de ser tristonho
Transformo desertos em flores
Um poeta que transmite seus fulgores
Doa-se para muitos amores
Busco primeiro o Reino dos Céus
Para ultrapassar os véus
Acredito em quimeras
Em todas as esferas
E com palavras sinceras
Tomo banho de chapéus
– Rodrigo Giovani Borchardt –
– Do livro Olhar Visionário, ainda no prelo –

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s